Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 18, 2013

FILHA DE PAIS SURDOS, MENINA INTERPRETA MÚSICA NATALINA EM LÍNGUA DE SINAIS

Imagem
Claire, uma garotinha de cinco anos, se tornou sucesso na internet depois que sua mãe postou um vídeo no YouTube em que a menina faz uma apresentação de Natal com outras crianças. Filha de surdos, ela interpreta todas as canções natalinas em língua de sinais para que seus pais entendam as músicas.
O vídeo foi assistido por mais de 3 milhões de pessoas e mostra a garota cantando entusiasmada enquanto faz diversos sinais e expressões faciais.
Em entrevista ao site "Yahoo! News", Lori Koch, mãe de Claire, disse que não esperava que a garota fizesse isso. "As outras crianças usavam gestos genéricos, enquanto minha filha usava língua de sinais, para minha surpresa", disse. Koch contou que, apesar de surda, pode fazer leitura labial. Seu marido, porém, só usa língua de sinais. "Só usamos sinais em casa. Claire está exposta a isso desde que nasceu." Veja o vídeo abaixo.



CD TRAZ CAZUZA, LEGIÃO URBANA E BIQUÍNI CAVADÃO PARA BEBÊS

Imagem
CD traz Cazuza, Legião Urbana e Biquini Cavadão para bebês; ouça 'Exagerado'


Imagine ouvir "Exagerado", sucesso de Cazuza, ou então "Pais e Filhos", da banda Legião Urbana, em versão instrumental... para bebês.
Essas são algumas das músicas do rock nacional que compõem o repertório da coletânea "Rock Your Babies". Nesta semana, chegam às lojas quatro CDs da série: três com canções de diferentes gerações do rock brasileiro e outro só com músicas do Biquini Cavadão. Até o final do ano que vem, outros grupos e artistas serão homenageados, entre eles Paralamas do Sucesso, Jota Quest e Rita Lee. Um dos idealizadores do projeto é Bruno Gouveia, vocalista do Biquini. Em entrevista por telefone à "Folhinha", o cantor e compositor contou que já tinha esse projeto em mente há anos, mas estava sem tempo para concretizá-lo. E o impulso chegou neste ano. "O grande responsável por tudo isso é o Pedro, que nasceu neste ano", referindo-se ao filho …

ARTISTA TETRAPLÉGICA ENCENA A PRÓPRIA HISTÓRIA NO TEATRO EM SÃO CARLOS/ SP

Imagem
Artista tetraplégica encena a própria história no teatro em São Carlos, SP
Espetáculo gratuito será apresentado nos dias 20 e 21 de dezembro. às 20hs
'Menina de Arte' é inspirada em livro que relata a vida de Daniela Caburro.
O Teatro Florestan Fernandes, em São Carlos(SP), apresenta a peça “Menina de Arte”, baseada no livro da jornalista Hebe Rios que relata a vida de uma artista plástica tetraplégica. O espetáculo, que será realizado nos dias 20 e 21 de dezembro, às 20h, é recomendado para maiores de 6 anos. A peça é uma parceria da Editora da Universidade Federal de São Carlos (EdUFSCar), que lançou o livro da jornalista, e da Companhia de Arte Teatro do Grande Urso Navegante (TGUN). Larte Asnins, diretor do espetáculo, adaptou para o teatro a história da artista plástica Daniela Caburro, que teve paralisia infantil e usa cadeira de rodas.

Tetraplégica, a artista atuará como atriz na peça, contando sua história de superação, ao lado de Amanda Previato. O músico Lê Lopes é respon…

PAI E FILHA RECRIAM FOTOS DO CASAMENTO DA FALECIDA MÃE

Imagem
Ben Nunery perdeu Ali,  sua esposa e  mãe de sua filha, a pequena  Olivia, quando esta   tinha apenas  um ano de idade. Ali faleceu em decorrência de   uma forma rara de câncer de pulmão. Em novembro, depois de dois anos em que viveram uma espécie de   "montanha-russa de emoções", Ben decidiu mudar-se dessa casa  em Cincinnati onde tinham vivido com falecida mãe de Olivia. Antes de partirem, para servir como lembrança duradoura dos momentos vividos lá, Ben decidiu pedir à sua cunhada  e fotógrafa profissional , Melanie Pace para tirar fotos dele e de sua filha , agora com 3 anos de idade nessa mesma casa e assim recriarem momentos e fotos semelhantes à aquelas que haviam tirado no dia em que se casaram.
Quando descreveu sobre a experiência, Ben disse: "Muitas pessoas têm me perguntado o que eu sentia ao fazer essa sessão de fotos. O que eu quero que eles saibam é que esta não é uma história sobre dor e perda e dor. Sim, eu já passei por essas emoções e ainda passo, mas n…