12/02/2014

Esculturas de Chiclete de Maurizio Savini

Há mais de doze anos, o artista italiano Maurizio Savini cria uma série de esculturas com um material nada usual: milhares de pedaços de chiclete. Seu trabalho já foi exposto em diversas galerias de Londres, Edimburgo, Roma e Berlin. Suas peças chegam a ser vendidas por 40 mil libras cada.

Relembrando seus momentos pessoais e de infância, Maurizio trabalha com o material quando o chiclete está quente e usa uma faca para moldá-lo. A etapa mais importante do processo é fixar as esculturas com formol e antibiótico.

Confira algumas de suas maravilhosas obras:











Esculturas em arame e jornal de Will Kurtz



Usando jornais e fita adesiva como seus principais materiais, e objetos do cotidiano como telefones celulares, coleiras de cães, meia-calça entre outras coisas, Will Kurtz cria esculturas dos moradores de Nova York em tamanho natural, incluindo cães. Como um observador urbano, Kurtz anda pelas ruas de cidade para encontrar seus súdito, tirando algumas fotos do iPhone de pessoas que desencadeiam sua empatia e imaginação. De volta a seu estúdio, ele constrói um esqueleto de cada um dos seus "modelos" em madeira e arame, que ele então cobre com uma colagem artisticamente arranjada de recortes de jornais, utilizando principalmente a parte das machetes dos jornais, fotografias de celebridades, cupons de desconto e anúncios que se tornam pele, cabelos, rostos e roupas.

Conheça algumas de suas obras e saiba mais sobre Kurtz em seu site






















QUANDO O ORIGAMI ENCONTRA A DANÇA E A FOTOGRAFIA

Melika Dez  e  Pauline Loctin , artistas de Montreal, se conheceram em janeiro de 2018 e decidiram combinar suas imaginações em uma colabor...