A ARTE ALÉM DOS MUROS DE DAVID WALKER



Há muito tempo o movimento “street art” vem ganhando espaço além das fronteiras dos guetos pelo mundo. Pinturas em paredes estragadas ou lugares abandonados, intervenções e instalações em lixões e debaixo de pontes, estão cada vez mais ganhando força e conquistando espaço nas paredes de edifícios, muros e nas galerias de arte.

É o caso do talentoso artista londrino, David Walker. Nos traços despretensiosos que surgem dos movimentos do artista que, a princípio, parecem não fazer sentido, surge sua arte cheia de luz e sombra onde as cores dançam num ritmo compassado e harmonioso.

As multi-camadas de linhas rabiscadas e gotejamentos são parte que uma repertório técnico que o artista desenvolveu ao logo de pouco mais de cinco anos de trabalho, criando uma arte que parece possuir um movimento próprio e constante.

David Walker só começou a pintar há pouco mais de cinco anos. Ele não usa pincéis, porque ele quer as peças para levantar questões sobre a pintura graffiti e tradicional. "As pessoas normalmente ficam bastante surpresas ao saber que o trabalho é feito de tinta spray e eu acho que muitos também estão surpresos porque realmente gostam do trabalho".

Sobre os rostos pintados ele disse: Eu gosto que eles nunca se encontram comigo e eles não sabem que estão sendo pintados", explica ele. 

Confira um pouco do trabalho de David Walker e saiba mais em sua página do facebook


(Fontes: Obvious e Mini Lua)





























Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE REBORN DE LARISSA VERSOLATO

As expressivas esculturas em argila de Jurga Martin

Romero Britto e sua arte inspiradora