AS VÁRIAS FACES DE MONALISA

A obra “Monalisa” também chamada de “A Gioconda”, ficou famosa por seu sorriso enigmático meio introspectivo e tímido. Parte da fama e do mistério relacionados ao quadro estão ligados ao próprio artista. Segundo relatos da época, Da Vinci entendia de ciências naturais, ótica, anatomia, engenharia, era músico e além de tudo carismático e belo.

As especulações sobre a composição da obra são as mais variadas. Para alguns, Leonardo pintou a mulher ideal, ou a sua própria mãe; outros dizem que ela era sua amante ou de um de seus mecenas; os traços andróginos do rosto estimulam teorias de que por trás da identidade da Monalisa está um auto-retrato do pintor. Dizem também que ela estaria grávida quando pousou para o pintor por causa do gesto de suas mãos sobre o ventre e por estar usando um fino véu sobre a cabeça, um costume entre as gestantes da época.

Entretanto, os livros de história da arte concordam em dizer que a dama florentina pintada no quadro era Lisa Gherardini, esposa de um influente comerciante de Florença, Francesco di Bartolomeo di Zanoli de Giocondo.

A obra está exposta no Museu do Louvre em Paris e o quadro já foi segurado em cerca de 100 milhões de dólares, valor ultrapassado recentemente pela venda do quadro “O Grito” de Edvard Munch no valor de 120 milhões de dólares.

(Texto: ELI BOSCATTO - Obvious)


Confira aqui algumas das versões dessa famosa obra: 


Original e cópia supostamente pintada por um aluno de Da Vinci



MONALISA RURAL Artista: VERA ZATT

por Julian Gallasch

arte feita para uma campanha publicitaria na Italia sobre cancer














































versão  Léo Burgos




















Pintura  de Fernando Botero

Monalisa inspirada no músico Slash, do Guns N' Roses,
de óculos escuros, fumando e segurando uma guitarra









Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE REBORN DE LARISSA VERSOLATO

As expressivas esculturas em argila de Jurga Martin

Romero Britto e sua arte inspiradora